top of page
  • Foto do escritorViva Usina

Viva Usina traz Elon, um dos grandes destaques da atual música paraibana



Elon Barbosa
Foto: Kécia Andrade

O Viva Usina traz na sua programação, neste final de semana, uma programação cultural diversificada com performances, apresentação circense e o show do cantor Elon, um dos grandes destaques da música paraibana atual. O evento, que acontece na Usina Cultura Energisa, em João Pessoa, tem entrada franca e também vai contar com a já tradicional feirinha criativa e gastronômica.


Performance

As apresentações começam na sexta-feira (27), às 20h, no Palco Bonde, com a performance ‘Sonhos de Chegar: Interlúdio de Uma Travessia Migrante’, dos artistas Fabiana Carneiro e ZEBB. A obra é uma interação de poemas e corpo em movimento com projeções e sonoridades performadas ao vivo, que reproduzem episódios de tom onírico e traduzem a itinerância dos artistas. É um espetáculo onde a letra desenha a voz, a voz desenha um corpo em movimento e este, por sua vez, inscreve expressões do espírito, demonstrando afetos de dois artistas em migrância. A classificação é livre.


A música de Elon

No sábado (28), às 21h, na Sala Vladimir Carvalho, o cantor e compositor Elon apresenta seu show homônimo, experimentando sonoridades globais com sua musicalidade nordestina. A estética pop deste projeto abraça a sua poesia pautada por narrativas sobre amor e liberdade. O show, totalmente autoral, pretende envolver o público com um repertório dançante e trata-se de uma celebração da diversidade.


A música de Elon tem como ponto de partida o cancioneiro popular do alto sertão paraibano, assim como também a poética de uma vivência “queer” sertaneja. Sua singularidade está no diálogo de suas raízes no sertão da Paraíba com a música do mundo, tendo a partir desse lugar (geográfico e de fala), construído um trabalho representativo.


Neste projeto, totalmente autoral, ele conta com a participação de uma banda que conta os beats de Hugo Limeira, Ingrid Simplício no baixo, os synths de Adrielly Oliveira, a guitarra de Samuel Dreher e Cassicobra na percussão.


Grupo Circense

No domingo (29), às 16h, na Sala Vladimir Carvalho, o trio Cacunda Brincante traz o espetáculo ‘É nessas horas que dá vontade de jogar tudo pro alto que agradeço por ser malabarista’. Formado por Igor Freire dos Santos, Gabriel José Bortolani e Leandro Pedro da Silva, o grupo é especializado em malabarismo, equilibrismo, música e contação de histórias. A apresentação é uma obra do circo contemporâneo, sendo o malabarismo o locutor de uma história composta pelos diversos ritmos, danças e folguedos populares brasileiros. A classificação é livre.


Feira Criativa e Gastronômica

De sexta (27) a domingo (29), das 16h às 22h, na área externa da Usina Cultura Energisa, você poderá conferir o Dia Verde, um evento multicultural que trabalha economia, aspectos sociais e ambientais. A iniciativa tem o objetivo de oferecer atividades culturais com princípios de sustentabilidade, ocupando espaços de convivência e áreas de lazer, os ressignificando em áreas criativas e pontos estratégicos para o desenvolvimento econômico e geração de renda.


Artes Visuais

E se você gosta de arte visual, não deixe de visitar a exposição ‘Viva Nordeste’, da artista Zona (Amanda Laíza), que fica em cartaz até o dia 5 de novembro, na Galeria Alexandre Filho. A mostra é um painel que celebra a essência da cultura regional, trazendo composição visual lúdica e enaltecendo toda potencialidade, cores, texturas e riqueza do Nordeste. Através da intervenção com painel artístico de grafite live painting (pintura ao vivo), ela traduzirá elementos da cultura regional, do bioma territorial e da arquitetura histórica além das simbologias que consagram os sagrados.


O projeto Viva Usina é promovido por meio da Lei de Incentivo à Cultura, com realização do Ministério da Cultura e Governo Federal e patrocínio da Energisa, com produção da Atua Comunicação Criativa e o apoio da Usina Cultural Energisa.

3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page